20.6.10

So Captain Marvel zapped him right between the eyes

O chuvisco
fragmentoresquício do início

Bang-bang; estamos vivos.
] da imagem da origem da imagem da [
Mar em ondas abissais

Enquanto isso descubro que o espelho voltado ao scanner reflete seu rosto irracional,
besta programada e distraída
que aglutina,

poeira a poeira,

o rosto de uma relação.

2 comentários:

amanda; disse...

talvez a soma de generosidades seja sempre nula. alguém tem que catar.
ou vide.

rafael nantes disse...

O scanner e o espelho teimam em deixar flutuando uma imagem que jamais se forma, pois são tão discretos e generosos a ponto de se anularem enquanto rosto. Nem por isso deixam de brincar um com o outro. São crianças que ainda não descobriram a fama.